Ir para conteúdo


Foto

Treinamento de força para mulheres


  • Por favor, faça o login para responder
1 resposta neste tópico

#1 cacau

cacau

    Colaborador

  • Colaborador
  • 577 posts
  • altura:
    164
  • peso:
    64

Postado 26 julho 2012 - 05:14

O padrão de beleza andou mudando, ou pelo menos se diversificando. Hoje em dia, o padrão de beleza entre mulheres inclui o que até pouco tempo era fora de questão: os corpos modelados por músculos fortes e definidos. Todos temos a comemorar com isso: a população em geral e os profissionais da saúde, pela prevenção de doenças degenerativas que a corrida às salas de musculação promove, e os donos de academia, pelos lucros que essa corrida gera.

Seja para ter o corpo das vedetes ou porque sabem dos benefícios à saúde, as mulheres estão comparecendo às academias. Por falta de informação, a maioria ainda acha que a fórmula mágica é bastante exercício aeróbio. Não faz mal, é bom, mas não é fórmula mágica. Os melhores resultados, sabemos há algum tempo, só podem ser conseguidos pelo treinamento resistido, ou musculação.

As mulheres que entendem isso vencem a inércia e invadem as salas de musculação. Mesmo que muitas mulheres se atirem sobre os leg-presses e dumbelss na busca pelo corpo perfeito, e portanto corram o risco de abandonar a academia em frustação ao não alcançá-lo, o ímpeto é positivo. Pelo menos estão lá, e temos tempo para mostrar a elas outras coisas enquanto se dedicam a esta busca - busca impossível, pois o corpo perfeito que elas têm em mente é feito de Photoshop, e o corpo belo de verdade está dentro delas mesmo.

Podemos mostrar que elas devem fazer planos para além do próximo verão - de preferência, para a vida toda: mulheres que não praticam treinamento resistido (de alguma forma) perdem consideravelmente sua massa magra, sua força, e correm o risco de sofrer atrofia de alguns músculos. A primeira conseqüência desse processo é o desconforto e dificuldade em tarefas do cotidiano. Em seguida, dores e lesões. As conseqüências não visíveis são mais sombrias e graves: a perda de densidade óssea, em última instância levando à osteoporose. No plano psicológico, uma substancial mudança na forma física pela flacidez (pela falta de massa muscular) e acúmulo de gordura em locais indesejáveis, em geral percebidos com choque e depressão.

Algumas mulheres evitam treinamento de força intenso porque acreditam que seus músculos irão se hipertrofiar e que ficarão menos femininas. Todo professor de musculação já ouviu a frase: "eu tenho tendência a ficar musculosa". Não tem: o fato é que a maioria das mulheres jamais praticou musculação com seriedade. Quando começa, nos primeiros quatro meses vai observar um aumento "substancial" (ela era sedentária, antes, lembre-se) de massa magra. Na cabeça, ela faz as contas e projeta: em dois anos, serei a versão feminina do Schwarzenegger. Mas não é assim que funciona. A fisiologia feminina é diferente da masculina, a começar pela produção dos hormônios que promovem o "substancial aumento" de muscularidade. Naturalmente, a mulher produz testosterona em proporção mais de uma ordem de grandeza inferior aos homens.

No esporte de alto rendimento, são observadas mulheres com maior muscularidade e força. Atualmente há um aumento considerável de mulheres em várias modalidades esportivas, porem existem algumas diferenças na aplicação em treinamento de alto rendimento para mulheres em relação aos homens. Várias pesquisas demonstram que mulheres atletas não podem ser avaliadas e treinadas da mesma forma que atletas do sexo. As mulheres apresentam diferenças significativas. Elas têm um esqueleto composto por ossos menores, mais leves e frágeis, além de articulações mais frágeis e menos adaptadas aos esforços de alta intensidade devido à maturação mais rápida do esqueleto e fechamento dos discos de crescimento. Grosso modo as mulheres possuem 5% menos massa muscular que os homens.


Benefícios Específicos

O resultado mais óbvio da musculação para mulheres é a hipertrofia muscular e o aumento da densidade muscular. Esta maior densidade é mais evidenciada em atletas de força. Uma periodização especifica irá desenvolver maior confiança nas mulheres para prosseguir no treinamento. Este promoverá o aumento da força, uma moderada hipertrofia muscular e o domínio de manusear cargas mais elevadas.

O treinamento resistido ou musculação promove: força, destreza, velocidade, flexibilidade, potência, resistência anaeróbia, diminuição do tecido adiposo, aumento da massa magra, diminuição da pressão arterial, diminuição do colesterol e triglicerídeos, melhora de postura, diminuição de dores musculares, benefícios psicológicos.


Conclusão

A prática regular de programas para treinamento de força e uma dieta balanceada são as estratégias ideias para a mulher que deseja ter um corpo bonito, uma excelente densidade muscular e uma melhor qualidade de vida. Contudo, é necessária uma boa orientação por parte de um profissional da área de Educação Física. Este profissional capacitado a escolher o tipo de equipamento, freqüência, exercícios, forma de execução e periodização do programa de treinamento. Uma periodização tem como principal objetivo garantir que os objetivos sejam alcançados segundo um planejamento, determinando, para cada período, a intensidade, volume e carga aplicada. Assim, evita-se qualquer tipo de lesão que o trabalho realizado de forma incorreta poderia ocasionar.

Por Eumenes Leite de Souza Jr. (Mendinho)
Personal Trainer

#2 Kcemafla

Kcemafla

    Membro

  • Membro
  • 493 posts
  • academia:
    Coliseu
  • altura:
    1,78
  • peso:
    110kg

Postado 30 agosto 2012 - 08:55

interessante o post cacau, irei mostrar para minha noiva da uma lida, obrigada pela contribuição.

Voce decide, se tomar a pilula azul vai continuar acreditando em receitas de bolos, em gigantes virtuais em ciclos loucos sem nexo, em suplementos milagrasos, em super whey proteins e toda essas merdas balonie que inriquecem os alheios, se tomar a pilula vermelha, eu vou lhe mostrar, o tão cruel este mundo é e será necessário uma mente muito aberta para compreender os fatos.





0 usuário(s) está(ão) lendo este tópico

0 membros, 0 visitantes, 0 membros anônimos